ENTREVISTA DE CAITO MAIA PARA O PORTAL "NO VAREJO"

Presidente da Chilli Beans fala sobre o desafio de comunicar

Caito Maia é um empresário visionário que, em 17 anos de estrada, transformou a Chilli Beans na maior rede de óculos e acessórios da América Latina.

Confira agora, na íntegra, a matéria do Portal No Varejo, onde nosso presidente conta um pouco de sua trajetória.

 

Ter uma empresa no Brasil requer enfrentar grandes desafios, da ação burocrática do Estado a se destacar num mercado concorrido. No caso de uma franquia de abrangência nacional, como nosso caso, temos um adicional: unificar a comunicação no país todo, de maneira que todos tenham a informação necessária.

Essa informação vai desde as histórias dos lançamentos da semana até divulgação de novas campanhas ou comunicados para explicar uma nova legislação. Um exemplo é a Nota Fiscal Eletrônica, que passa a ser obrigatória na maior parte dos Estados brasileiros e, que, se não tem dificuldade na questão tecnológica, de implantá-la no sistema, esbarra na falta de conhecimento de quem tem que operá-la na ponta.

Pois bem, não somos, é claro, a empresa que está inventando a roda, mas 17 anos de estrada depois, temos algum conhecimento de como fazer a informação chegar à ponta, no Brasil todo.

Algo que aprendemos é que se a repetição da informação pode ser chata em um veículo de comunicação, numa franquia, por exemplo, funciona. Assim, primeiro desenvolvemos uma série de canais: intranet, e-mail corporativo, minijornal que segue com as coleções semanais.

Com acessos aos canais, o franqueado, consultor, supervisor, vendedor tem acesso à comunicação, que é reforçada, canal a canal, de modo que se alguém viu apenas uma fonte, ainda assim tem a informação.

A comunicação também é dividida por níveis. Algo que só cabe aos franqueados, por exemplo, tem acessos exclusivos. Dependendo da importância da informação, ainda o telefone e reuniões continuam sendo expedientes efetivos.

Com tudo, recentemente, percebemos que é pouco! Uma vez que você trabalha com uma rede com cerca de 5 mil pessoas, tem sempre alguém que tinha de saber, e não sabe! Sem contar o perfil do nosso colaborador: na maior parte é jovem e algumas dessas plataformas já não tem tanto apelo.

Então, implementamos também comunicar tudo via aplicativos, como o whats. Praticamente, toda a rede, está ligada a um dos grupos do aplicativo e aí a informação ‘pinga’ lá, e o colaborador já recebe, na mesma hora. Foi uma grata surpresa, mas sei que muito em breve vamos ter que descobrir outro canal, para chegar a mais pessoas. Esse é o desafio.

 

Clique aqui e saiba como ser um de nossos franqueados.